Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

O Matador

15.01.2011  

A fé de muitos que procuram a cura em Cristo está impedida pela idéia de que Deus pode ter algum objetivo no seu sofrimento; que a sua doença talvez lhes tenha sido dada por Deus e que devem ter paciência e não insistir na cura. Milhares de pessoas boas sofrem desnecessariamente durante anos e morrem prematuramente por causa dessas idéias.

Para limpar nossa mente desses ensinos, precisamos entender, de modo claro, que a doença é de satanás e não de Deus; que foi Satanás que no-las deu, e não Deus.

Preguei o Evangelho durante sete anos, antes de ouvir qualquer pessoa dizer que a doença era do diabo. Mas essa afirmação desafiou a minha mente e comecei a pesquisar as Escrituras a esse respeito. Comecei a descobrir alguns fatos que eu nunca havia pregado.

A primeira passagem a prender a minha atenção foi Jó 2:7. Então, saiu Satanás da presença do Senhor e feriu a Jó de uma chaga maligna, desde a planta do pé ao alto da cabeça. Aqui a doença foi dada a Jó diretamente por Satanás.

Eu notei que Jesus falou de uma mulher que estava encurvada; Satanás a tinha presa; que ela estava possessa de um espírito de enfermidade (Lucas 13:11-16).

Lembrei-me de que a cegueira foi causada por um demônio em Mateus 12:22 e que, quando Jesus expulsou o demônio, o homem pôde ver.

Lembrei-me de que um menino sofria de convulsões, era surdo e mudo, e que ficou completamente são, depois que o demônio foi expulso (Marcos 9:25).

Então descobri aquela passagem importante em Atos 10:38, a qual muitos têm menosprezado: [Jesus] andou [...] curando a todos os oprimidos do diabo.

Esta Escritura afirma que todos os doentes curados por Cris­to tinham sido oprimidos pelo diabo. Em outras palavras, naquele tempo a doença era identificada como opressão de Satanás.

Quando queríamos, na fazenda, matar uma árvore, cortávamos um sulco profundo ao redor do seu tronco, e, embora as folhas não murchassem imediatamente, sabíamos que havíamos dada à árvore o golpe mortal e que ela morreria, e isso sempre acontecia. A mesma coisa se dá com a doença; Jesus nos deu poder e autoridade sobre todas as enfermidades. Os crentes têm, no Seu Nome, o direito de repreendê-las, e elas morrem. Talvez os sintomas, como as folhas da árvore, não desapareçam imediatamente, mas se orarmos com fé e repreendermos a vida da doença, sabemos que a moléstia foi destruída pela raiz e que os sintomas têm de desaparecer.

Lemos em Marcos 11:12-14 que Jesus amaldiçoou uma figueira que não produzia frutos. Ele disse à árvore: Nunca mais coma alguém fruto de ti. Ele sabia que a vida da árvore havia morrido naquele momento e que a árvore haveria de murchar.

Lemos nos versículos 20-24 que, no dia seguinte, eles passaram por ali novamente e viram que a figueira havia secado desde as raízes. Pedro lembrou-se imediatamente do que o Senhor havia dito à árvore no dia anterior e exclamou com espanto: Mestre, eis que a figueira que tu amaldiçoaste se secou. Ele ficou surpreso. Jesus respondeu: Tende fé em Deus.

Ele estava certo de que a árvore se secaria. Se tivermos uma compreensão clara da obra de Satanás, na doença, que ele a causou, que um “espírito de enfermidade” é a vida da moléstia, então poderemos repreendê-la calmamente, em Nome de Jesus, ordenando que o “espírito de enfermidade” saia, e podemos ter a certeza de que a doença está, então, morta. Não duvidamos porque não vemos as folhas verdes (os sintomas) murcharem imediatamente; sabemos que a vida da doença se foi, que a enfermidade está morta desde as raízes, e assim nos regozijamos pela fé, enquanto os sintomas exteriores desaparecem.

Sabendo disso, você chegou à compreensão de que Deus quer que você se sinta bem; e que somente satanás quer que você sofra.

Enquanto você pensar que a sua doença pode provir de Deus, você não a repreenderá.

Enquanto você pensar que Deus pode ter um propósito na sua moléstia, você não a resistirá.

Mas quando você entender que as Escrituras ensinam de modo tão claro que a enfermidade é de satanás, você então a resistirá, a repreenderá, a recusará e ela será destruída mediante as suas orações.

Extraído e adaptado do Livro: A Cura de Cristo, Como Recebê-la

Autor: T. L. Osborn

Para Meditar: "E ele, inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e esta a deixou. Imediatamente ela se levantou e os servia." Lucas 4:39.

Oração: “Senhor, obrigado por me dar autoridade e poder para agir em Teu Nome. Eu repreendo a todo espírito de enfermidade em minha vida, paraliso a sua ação e ordeno em Nome de Jesus que toda enfermidade morra e em seu lugar permaneça o Espírito de vida vindo de Deus.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2011 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados