Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Mantenha-se Alerta

13.03.2010  

Perseverai na oração, vigiando com ações de graças.” Colossenses 4:2.

Se esperamos que Deus responda às nossas orações, precisamos satisfazer suas exigências de santificação. O Deus triúno espera isto de nós. O Deus Pai ordena: “Sede santos, porque eu sou santo” (I Pedro 1:16). Paulo escreve em Romanos 8:29 que somos predestinados para sermos “conformes à imagem de seu Filho” - Jesus, que, embora tentado em todas as coisas como nós somos, foi sem pecado (Hebreus 4:15). Depois, “enchei-vos do Espírito” (Efésios 5:18). A santidade é o atributo fundamental de Deus e sua exigência para nós.

Em um seminário, ao sugerir que todos lêssemos Galatas 5 e 6 até Deus falar a cada uma de nós, orei: “Senhor, dá-me algo muito pessoal - só para mim, hoje”. E ele dirigiu meus olhos ao outro lado da página, a Efésios, capítulo 1. Ali estava - sua palavra para mim. “Assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele” (Efésios 1:4). Sua exigência para mim! Sim, santidade. Qualquer coisa menos que isso em minha vida é pecado. E “se eu no coração contemplara a vaidade, o Senhor não me teria ouvido” (Salmos 66:18). Então, eis aí o motivo por muitas das respostas aparentemente negativas de Deus.

“Será que é tudo inútil?”, pergunta você. Oh! não! A identificação e confissão contínuas dos nossos pecados produzem a vida santa necessária para que Deus nos ouça e responda às orações.

Ocasionalmente, enquanto oro, escorrego da gratidão para a murmuração. Foi numa dessas ocasiões, durante as férias, que reconheci tal atitude em mim quando lia Colossenses 4:2: “Perseverai na oração, vigiando com ações de graças”.

Profundamente repreendida, clamei: “Ó Deus, perdoa-me. Leva-me de volta a um relacionamento certo contigo. Faze com que meu testemunho seja positivo diante dos outros. Tirei meus olhos de ti. Substitui minha tensão com tua paz e alegria - e gratidão!” E funcionou - como sempre funciona!

Por que precisamos nos manter alertas em oração? Porque a Bíblia nos diz claramente que os cristãos se encontram numa batalha espiritual e que temos um inimigo, Satanás.

Em Efésios 6, Deus descreve a armadura que nos capacitará a ficar firmes contra o diabo. Mas a maior parte do tempo para­mos antes de chegar à advertência que Deus faz no final, de nos manter alertas - em oração. O versículo 18 adverte: “Com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito, e pa­ra isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”.

Obviamente Satanás deseja que murmuremos, que sejamos negativos e impotentes, destruindo assim o nosso bem-estar e o nosso testemunho. Entretanto, o estado de alerta não é uma das coisas que normalmente associamos à oração. Mas Deus o faz. Ele espera que estejamos lutando na única batalha conhecida em que os soldados se adiantam de joelhos.

Extraído e adaptado do Livro: Uma Jornada de Oração

Autor: Evelyn Christenson

Para Meditar: "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor." Hebreus 12:14.

Oração:Senhor, purifica-me de todo pecado, de modo que eu possa ser santo aos teus olhos. Pai, ajuda-me a estar sempre alerta e dá-me uma atitude de gratidão quando estou em oração.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2010 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados