Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Ouça Duas Vezes

08.04.2017  

Uma coisa disse Deus, duas vezes a ouvi que o poder pertence a Deus. Salmos 62:11.

Nenhuma Palavra que o Senhor profere é dita por acaso. Como Pai amoroso, Ele quer o melhor para os Seus filhos - e, inclusive, admoesta-nos quando nos desviamos do Caminho (Provérbios 3:12), por isso é essencial que prestemos atenção a Sua voz.

A Bíblia declara que Pedro negou Jesus três vezes (Marcos 14:66-72). Isso ocorreu porque o apóstolo assumiu de pronto o que o Senhor lhe disse. Conosco pode acontecer o mesmo: se deixarmos de ouvir o que o Altíssimo nos declara, ficaremos suscetíveis ao erro. Por outro lado, se guardarmos o que nos for dito, fecharemos a porta para o inimigo e, desse modo, não cairemos em suas tentações.

Meu irmão, é bom repetir para si próprio - por duas ou mais vezes, se necessário - o que Deus fala. Quanto mais ouvir a Palavra do Senhor, melhor você irá sentir-se. O simples ato de ler as Escrituras em voz alta é muito edificante, principalmente se atentar para o que elas afirmam. Eu mesmo, quando menino, costumava ler em alto e bom som as lições de História do mundo, das Américas e do Brasil, às vezes cantando, outras vezes como se estivesse discursando, mas sempre prestando atenção a tudo o que lia. Com isso, os detalhes ficavam gravados na minha memória, e eu fazia excelentes provas.

No Salmo 62, Davi disse que o Senhor falou e, por duas vezes, o salmista ouviu que o poder pertence a Deus. É bom guardarmos esta verdade: o poder nos é dado, mas ele não é propriedade nossa, por isso não podemos fazer com ele o que quisermos; afinal, ele nos é concedido a fim de que realizemos a obra de Deus. Mesmo que estejamos desligados, cansados ou desanimados, esse poder continua o mesmo, e sua operação não depende de como nos sentimos, mas, sim, do que cremos nas Escrituras. Desde que estejamos agindo sobre o que o Altíssimo fala, podemos crer que Ele operará. No entanto, se nossas atitudes estão baseadas em nossas emoções, isso nada tem a ver com a vontade do Pai.

O que recebemos do Senhor independe de qualquer atitude nossa. Ele opera como quer, e o que Ele nos concede é por causa da Sua vontade em fazer a Sua obra. Deus é o que Ele afirma ser, e, se crermos, teremos o que Ele promete, pois nenhuma Palavra do Senhor volta atrás (Números 23:19).

Ao nos dar poder, o Todo-Poderoso coloca em nossas mãos a Sua autoridade; então, não é correto sair por aí anunciando que podemos fazer qualquer coisa, como se fôssemos santos ou especiais. Tendo recebido o poder do Alto, precisamos de muita responsabilidade para usá-lo e das orientações divinas, a fim de que cumpramos a missão que Ele comissionou a cada um de nós. Além disso, é bom nunca deixarmos de dar ao Senhor a glória devida ao Seu santo Nome (Salmos 29:2), que é a chave para o Seu poder entrar em ação. Agindo assim, segundo as instruções divinas, podemos "pôr as mãos na massa" e fazer o que nos foi ordenado.

Extraído e adaptado do Livro: Bênçãos do Verão

Autor: R. R. Soares

Para Meditar: "Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano. Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão. Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento." Salmos 32:1-7.

Oração: “Senhor, eu Te peço que me ajude para que eu nunca me equivoque a respeito do poder que Tu me deste para expulsar os espíritos imundos e curar os enfermos, pois ele pertence a Ti e, por isso deve ser usado somente para a Tua glória. Sei que mesmo eu estando cansado, chateado, amargurado ou com outro sentimento, o Teu poder continua o mesmo. Por isso, sempre devo estar pronto para abençoar em Nome de Jesus, pois o Teu poder fará a obra. Agora, eu uso a Tua autoridade a mim conferida para abençoar outras pessoas e determino que toda a força do mal caia por terra neste instante, para que essas vidas sejam completamente libertas, para a Tua glória. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2017 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados