Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Bíblia, O Livro Que Decide!

03.05.2014  

A Bíblia é um livro maravilhoso, todas as outras obras literárias existentes não se comparam a ela. Toda filosofia e ciência humana não conseguiram mudar tanto a sociedade e a história quanto a Bíblia. A raiz dos problemas da sociedade é espiritual e é através da Bíblia que podemos aprender a ter o verdadeiro viver espiritual. Sendo assim ela foi escrita com certas características que levaram-na a ser o Livro dos livros: Todas as decisões tomadas por Deus, estão na Bíblia.

Homens inspirados pelo Espírito Santo escreveram sobre a veracidade da mesma. Exemplos: O Rei Salomão: “Toda palavra de Deus é pura; ele é escudo para os que nele confiam.” (Provérbios 30:5). O salmista Davi escreveu: “As tuas palavras são em tudo verdade desde o princípio, e cada um dos teus justos juízos dura para sempre.” (Salmos 119:160). Já o Apostolo Pedro diz que ela é imutável: “apalavra do Senhor, porém, permanece eternamente” (1Pedro 1:25).

Também o Apóstolo Pedro a chama de profética: Porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram do parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo. (2 Pedro 1:21).

O fator mais importante que classifica a Bíblia como o livro mais singular, simplesmente o livro mais vendido do mundo, é a influência que ela tem sobre a vida dos homens. O maior valor da Bíblia se encontra nas profecias que nela contém, pois ela decidiu o passado, e decide o presente e o futuro dos homens.

Você pode ate não acreditar na Bíblia, mas isto não faz com que ela deixe de ser a Palavra de Deus. Ela é indestrutível.

Não há no mundo um livro tão completo, perfeito, harmônico e fantástico como a Bíblia. Jesus falou: “Passarão os céus e a Terra, mas as minhas palavras não passarão!”(MT 24:35) Já no Velho Testamento, Deus ordenava a respeito da Bíblia. Ela é um livro selado ate o juízo final. Por isso, ninguém pode acrescentar ou diminuir nada neste livro. “Tu, porém, Daniel, encerra as palavras e sela o livro, até o tempo do fim; muitos o esquadrinharão, e o saber se multiplicará.” (Daniel 12:4).

A Bíblia é um livro de promessas porque o Todo poderoso, diante do qual as promessas foram escritas, tem poder para fazê-las acontecer. Par isso, lemos no livro de Josué “Palavra alguma falhou de todas as boas palavras que o Senhor falara à casa de Israel; todas se cumpriram”. (Juízes 21:45.)

O Rei Salomão confirma: “nem uma só palavra falhou de todas as suas boas promessas, feita por intermédio de Moisés, seu servo” (1 Reis 8:56).

Uma das fortes evidências da veracidade da Bíblia como o livro das revelações de Deus e o seu perfil profético. A Bíblia é o único livro no mundo que faz promessas, baseado nas próprias assertivas daquele que não permite que as suas palavras voltem para si vazias. “Eu velo sabre a minha palavra para cumpri-la, diz o Senhor.” (Jeremias 1:12).

O Novo Testamento tem 1.104 promessas; o Antigo Testamento tem 7.706. Isto significa que sete em cada oito promessas são encontradas no Antigo Testamento. O capítulo com maior número de promessas é Deuteronômio 28. As 133 promessas ali contidas referem-se às bênçãos e maldições que Deus prometeu aos israelitas em Canaã, dependendo da obediência ou desobediência às ordens dEle. Todas elas são de caráter decisivo para os homens.

Em todos os 66 livros da Bíblia, o nosso Deus deixou promessas escritas, pois Ele é um Deus que cumpre o que mandou escrever. O propósito deste meu livro é despertar em você o desejo de examinar o Livro dos livros, “A Bíblia”, pois ao examiná-la, aprenderá como deixar de cometer muitos erros. Já no Antigo Testamento Deus diz: “O meu povo está sendo destruído por falta de conhecimento” (Oséias 4:6). No Novo Testamento Jesus declara: “Errais não conhecendo as Escrituras e nem o poder de Deus (Mateus 22:29.)

A falta de conhecimento da Bíblia não nos isenta das decisões que contém nela a nosso respeito. Temos como exemplo disso a Constituição, onde temos todas as Leis do País. Mesmo que eu não leia, as Leis continuam valendo da mesma forma. O autor de Romanos declara: Porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis. (Romanos 1:19,20).

Quando lemos a Bíblia, ficamos sabendo de tudo que já está decidido a nosso respeito, seja nesta vida ou após a morte.

Extraído e adaptado do livro: O Livro Que Decide

Autor: Jorge da Rocha Tristão

Para Meditar: "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." Hebreus 4:12.

Oração: “Senhor, eu Te agradeço pela Tua maravilhosa Palavra, pois a Tua Palavra é a verdade. Ela traz luz às trevas, é viva e eficaz e não volta para Ti vazia, mas antes realiza aquilo para que foi destinada. Pai, ajuda-me a jamais me afastar da Tua Palavra, pois ela dá vida e ilumina a vida dos que a possuem e é por ela que adquirimos e fortalecemos a nossa fé. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2014 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados