Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Quando O Povo de Deus Age, O Senhor Opera

16.05.2015  

“Quando Israel saiu do Egito, e a casa de Jacó, de um povo bárbaro, Judá ficou sendo o seu santuário, e Israel, o seu domínio. O mar viu isto e fugiu, o Jordão tornou atrás. Os montes saltaram como carneiros, e os outeiros, como cordeiros.” Salmos 114:1-4.

Israel tinha muitas promessas divinas, mas, enquanto não saiu do cativeiro, não se tornou o santuário do Senhor. O mesmo acontece com os chamados para serem santos: mesmo tendo aceitado Jesus como Salvador e estando filiados a uma boa igreja, se não deixarem tudo aquilo que for condenado pela santa Palavra, não serão o templo de Deus. De fato, dessa forma, o Senhor não poderá habitar neles, pois Ele só habita em corações puros.

Os servos do Senhor têm de se afastar do povo bárbaro, no meio do qual só ouvem o que não presta (Efésios 5:3-12). Os pensamentos dos que não seguem os mandamentos divinos têm sua origem no príncipe da potestade do ar, que domina também muitos cristãos por meio de pensamentos, desejos e atos errados. Há quem não entenda por que, mesmo crendo, não recebe a bênção. Ora, embora o ato de crer seja muito importante, se o crente não sair do meio dos ímpios nem deixar as sujeiras do mundo, pouco adiantará (Salmos 1:1).

Tendo seguido Moisés e saído do Egito, os filhos de Jacó se tornaram o domínio do Senhor. Então, puderam descansar e ficar livres de uma vez por todas dos egípcios.

Meu irmão, examine-se e, se alguma impiedade tem dominado o seu coração, livre-se dela para sempre. Agindo assim, o inimigo não mais o terá em suas mãos, e quem reinará em sua vida será o Senhor, o Todo-Poderoso. É essencial sair do domínio do mal e ir para o Reino do amado Filho de Deus, onde o maligno não opera nem pode influenciar quem quer que seja (1 João 4:4; 1 João 5:18,19).

Com a decisão de seguir o servo de Deus, os israelitas viram que o Senhor, de fato, operava milagres; então, ficaram boquiabertos com o que o Altíssimo fez em favor deles. Ate a própria natureza mostrou sua satisfação pela obra que Deus havia feito em favor de Seu povo.

Tudo também correrá da melhor maneira para você. Basta crer no que o Senhor lhe fala e abandonar o seu "Egito", pois, assim, você verá as maravilhas que o Pai celeste fará pela sua vida. O que ocorreu com os israelitas é um exemplo do que acontece com cada um que aceita Jesus como seu Salvador: ele passa a ser o santuário divino, o domínio do Altíssimo, no qual o maligno não pode mais tocar.

A salvação é a mais pura realidade! Ela não é uma simples troca de religião; ao contrario, é bem mais do que isso. Com a conversão, saímos do império do maligno e nos tornamos filhos amados do Senhor, guiados e governados pelo Espírito Santo (João 3:6-8).

Extraído e adaptado do livro: Bênçãos do Verão

Autor: R. R. Soares

Para Meditar: "E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós." 1 João 1:5-10.

Oração: “Senhor, eu Te peço que me ajude a jamais duvidar do cumprimento das Tuas promessas. Tu és o meu Senhor e meu Deus. Em Ti, sei que estou seguro e, por isso, posso confessar que mal algum me sucederá. A Tua glória sobre o Teu povo que saiu do Egito era tamanha, que levou o mar a fugir, e o Jordão a transbordar. De fato, as promessas que Tu havias feito para aquele povo eram muitas, e, depois, Tu fizeste outras. Mas todas elas se tornaram minhas, pelo que Jesus sofreu na cruz do calvário. Agora, não posso duvidar da Tua glória ao meu redor. Por eu ter aceitado Jesus como meu Salvador e permanecido firme na fé, tornei-me domínio do Senhor. Com isso, posso descansar e viver livre de uma vez por todas, de qualquer opressão. Glórias Te dou pois estou livre! Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2015 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados