Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Falta de Perdão

13.06.2009  

Existem ocasiões em nossa vida quando oramos e as coisas funcionam. Tudo parece muito suave, muito doce. Quando sua vida está caminhando bem, você contempla sua família e percebe a alegria. Mas existem algumas ocasiões em que você diz assim: “Bem, eu estou orando, mas parece que o céu é de bronze, que as orações não passam, não atravessam, não chegam ao coração de Deus.” É porque existem obstáculos à sua oração.

O primeiro obstáculo à oração é a falta de perdão. A oração que quebra o bronze não vai fluir por meio de corações que não perdoam. A falta de perdão faz com que o céu continue de bronze, mesmo que você ore 24 horas por dia, ou 365 dias por ano. Suas orações sequer vão arranhar o céu, porque esse é um céu de bronze. Enquanto você guardar mágoas em seu coração, a falta de perdão vai deixá-lo amargurado.

Todas às vezes que Jesus falou e ensinou sobre a oração, Ele tocou exatamente na falta de perdão. Diz a Palavra, em Mateus 5:23-24: “Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta.” Não pense que a oferta é apenas levar dinheiro, roupas, sapatos etc. Não! O louvor, a sua oração, a sua vida também são ofertas. E não é apenas você ter alguma coisa contra alguém; é você lembrar que seu irmão também tem alguma coisa contra você.

Em Mateus 6, Jesus diz: “Portanto vós orareis assim [...]” Ele estava querendo dizer exatamente isto: “Eu quero que você ore desta maneira. Não passe além, não diminua. Ore assim!” E no verso 12, Ele ainda diz: “E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores.”

Agora observe o verso 15: “Se, porém, não perdoardes aos homens (as suas ofensas), tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.” Você se pergunta: “Por que o céu está bronze?” Muitas vezes, é devido à falta de perdão.

Em Marcos 11:25, Jesus também afirma: “E quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial perdoe as vossas ofensas.” Em 2 Coríntios 2:10-11, Paulo diz: “A quem perdoais alguma coisa, também eu perdôo; porque, de fato, o que tenho perdoado (se alguma coisa tenho perdoado), por causa de vós o fiz na presença de Cristo; para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.” E os desígnios de Satanás continuam sendo os mesmos: matar, roubar e destruir.

Você não pode ignorar os desígnios dele, porque ele procura fazer com que você conserve em seu coração a amargura, a falta de perdão. Enquanto não perdoar, o céu sobre sua cabeça continuará de bronze. Você continuará orando e nada, absolutamente nada, irá acontecer. Salomão afirma em Provérbios 10:12: “O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões.”

Quando um fio elétrico não está coberto, ao encostar-se em outro, ocorre o choque, a lâmpada se apaga. Quando o marido, a esposa e os filhos vivem se perdoando, há cobertura. Não havendo essa cobertura, ocorre o choque, o conflito. As lâmpadas se apagam, surge a escuridão. Você precisa liberar as pessoas que magoaram ou pisaram em você.

Não vale a pena guardar ressentimentos. Deus estabeleceu dez mandamentos, mas, dos dez, seis são no sentido horizontal – algo entre você e seu próximo. Apenas quatro são no sentido vertical, algo entre você e Deus. Isso é muito interessante, porque o seu relacionamento com seu irmão é que vai refletir o seu relacionamento com Deus, o Pai.

Não adianta. Enquanto não escolher perdoar – e isso é uma escolha e não um sentimento – seu céu continuará de bronze e seu chão, de ferro. E perdoar não é esquecer, e sim, não levar em conta.

Extraído e adaptado do livro: Obstáculos à Oração

Autor: Marcio Valadão

Para Meditar: "Quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que também vosso Pai que está no céu, vos perdoe as vossas ofensas." Marcos 11:25.

Oração:Senhor, perdoa os meus pecados e ajuda-me a ter um coração perdoador, para que as minhas orações possam chegar a Ti.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2009 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados