Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Agrade-se do Senhor

06.07.2019  

Uma jovem esposa e mãe ficava a me telefonar do Havaí sobre o marido dela e a namorada dele. Certo dia ela perguntou:

- Está certo eu pedir a Deus que, se for da sua vontade, ele permita que meu marido me deixe e se case com ela, porque Deus deseja que ele seja feliz?

- Não - retorqui - nunca ore desse modo. A resposta de Deus a essa oração já está na Bíblia. Deus falou explicitamente que não é da sua vontade que um casamento se desfaça.

Expliquei a ela que, em Mateus 19:6, Deus falou claramente:

“De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem”. Depois eu contei-lhe as palavras de Deus em Malaquias 2:16 quando ele quase trovejou: “Eu odeio o divórcio”. Não se ora pela satisfação dos desejos lascivos do marido - mas ora-se para que ele possa suprimi-los. O ressentimento e a recusa de submeter-nos a qualquer tipo de restrição requerida pela Escritura é pecado. E orar por coisas contrárias ao que a Palavra de Deus ensina certamente é “orar da maneira errada”.

Nossos corpos e mentes são o acampamento e campo de batalha desses desejos errados. Então, como Deus nos poderia conceder os nossos desejos quando as coisas pelas quais oramos promovem a guerra espiritual dentro de nós? Orar por elas é “pedir mal” de maneira grosseira.

A história do cristianismo revela muitos paralelos a pedir-se a bênção de Deus sobre algo mau - comerciantes de escravos pedindo piamente a bênção de Deus sobre seu tráfico maligno, e bandidos italianos trazendo ofertas ao seu santo patrono antes de atacar bandos de viajantes. Hoje, quantos de nós elevamos piamente nossas vozes ao Deus santo do céu e depois pedimos algo que ele chama de abominação?

Deus jamais prometeu: “Agrade-se da esposa do seu vizinho, e lhe darei os desejos do seu coração”. Não! O salmista nos contou o caminho de Deus: “Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração” (Salmos 37:4).

Deus nos repreende por nos agradarmos da coisa errada. Mas Paulo nos dá um exemplo de orar a “oração certa” quando orou pelos membros da igreja de Tessalônica: “Por isso também não cessamos de orar por vós, para que o nosso Deus vos torne dignos da sua vocação, e cumpra com poder todo propósito de bondade e obra de fé” (2 Tessalonicenses 1:11).

Toda oração, para ser a “oração certa” que pode ser respondida por Deus, precisa passar no teste de sua onisciência, sua soberania e sua santidade, isto é, estar de acordo com a Palavra de Deus.

Extraído e adaptado do livro: Uma Jornada de Oração

Autor: Evelyn Christenson

Para Meditar:"Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais que fazem guerra contra a alma." 1 Pedro 2:11

Oração: “Senhor, eu Te peço que me ajude a ser agradável à Ti, afim de que minhas orações sejam de acordo com a Tua Palavra e aceitáveis diante de Ti, pois sei que às vezes costumo orar de maneira errada ou em desacordo com a Tua Palavra. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2019 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados