Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Seja Agradável a Deus

11.08.2018  

E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” 2 Crônicas 7:14.

Você algum dia já se perguntou por que Deus responde não a algumas das nossas orações? Talvez ele esteja dizendo: “Você não cumpriu as minhas exigências. Você não está qualificado para a minha resposta!” Esse é o maior segredo da oração não respondida.

Primeira de João 3:22 nos dá uma das regras básicas do Deus Pai para responder ou não responder às nossas orações. É o “então” do Pai:

“E aquilo que pedimos, dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos diante dele o que lhe é agradável.”

A aprovação ou desaprovação do Pai com relação às nossas ações determina se ele concederá ou não os nossos pedidos de oração. Visto tanto a palavra guardamos quanto a fazemos nesse versículo da Escritura estarem no tempo presente contínuo em grego, o poder na oração é condicionado não a uma explosão ocasional de obediência mas a vidas que são continuamente agradáveis a Deus. Então ele promete que receberemos aquilo que pedimos.

Um dos numerosos "então” na Escritura que determina a oração respondida encontra-se em 2 Crônicas 7:14. Deus disse a Salomão o que faria: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, orar e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. Quando eles fizessem tudo isso, então ele faria a sua parte.

Davi, após seu profundo pecado com Bate-Seba, conhecia e orou no princípio então de Deus pelo retorno da frutuosidade em sua vida. Ele estava consciente da ordem que Deus requeria. Quando reconheceu o seu pecado, profundamente arrependido, implorou a Deus que criasse nele um coração puro, e pediu-lhe que restaurasse a alegria da salvação somente então pôde ele de novo ensinar aos transgressores o caminho de Deus e ver os pecadores se convertendo a Deus (Salmos 51).

Parecemos estar inconscientes dos “então” de Deus quando oramos. Mas a Bíblia nos diz claramente que Deus pode responder às nossas orações somente quando tivermos estado dispostos a ser e a fazer o que ele requer. "Quando vocês tiverem guardado os meus mandamentos e feito as coisas que me são agradáveis”, diz o Senhor; “somente então vocês receberão aquilo que pediram”.

Extraído e adaptado do livro: Uma Jornada de Oração

Autor: Evelyn Christenson

Para Meditar: "Amados, se o nosso coração não nos condena, temos confiança para com Deus; E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista." 1 João 3:21-22.

Oração: “Senhor, eu Te peço que me ajude a guardar os Seus mandamentos e fazer o que é agradável aos Teus olhos, afim de que as minhas orações possam ser respondidas. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2018 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados