Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Perdoando Sempre

10.10.2020  

“Então, Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete, mas até setenta vezes sete.” Mateus 18:21-22.

Algumas pessoas abusam do número de vezes que nos causam problemas. Elas chegam a tirar a nossa paciência. Há quem ache até impossível perdoá-las devido às muitas vezes que pedem desculpas. Veja que, perdoar, é um ato que tem de ser repetido todas as vezes que nos for solicitado. Pedro indagou do Senhor Jesus quantas vezes deveria perdoar seus ofensores, e o Senhor respondeu mostrando-lhe que o perdão é ilimitado.

Talvez essa resposta do Senhor Jesus seja a mais difícil para muitos. Se Ele tivesse respondido a Pedro que bastava uma ou duas vezes exercer o perdão para agradar a Deus, tudo se­ria mais fácil. Mas, propositalmente, apresentou-lhe um número altíssimo, para mostrar que o perdão deve ser concedido sempre.

É verdade. Mas veja bem, quando estamos magoados com alguém e nos recusamos a per­doar (até porque ele nem nos procurou ainda para se desculpar), Deus tem algo contra nós, não é verdade? Afinal, Sua Palavra ensina que nosso dever é perdoar sempre independente­mente do arrependimento do nosso ofensor.

A pessoa que nos ofendeu estava a soldo do diabo; ela foi um dos instrumentos que ele usou para nos fazer sofrer. Se estivéssemos verdadeiramente vivendo na presença de Deus, aquele mal não nos teria acontecido. (Salmos 91:10).

Contudo, em vez de emendarmos o nosso fracasso e liberarmos a pessoa que, por ter sido usada pelo diabo encontra-se em nossas mãos, simplesmente lhe fechamos a porta da graça, não entendendo que estamos dando ao diabo mais uma vitória: não seremos perdoados, e, por conseguinte, estaremos desprotegidos e abertos às suas sujas operações. Ao perdoarmos, somos também perdoados por Deus; liberamos a vida da pessoa que se opõe a nós e tornamos possível que as bênçãos de Deus nos alcancem.

Para Deus, perdoar significa esquecer completamente, lançar fora, longe, de modo que Ele jamais volta a nos inquirir por aquele erro já perdoado. A lembrança do sofrimento que alguém nos infligiu nos fará sentir de novo a dor. Não seria por esse motivo que o nosso Deus lança lá no mar do esquecimento os nossos erros, e deles, Ele declara, já não Se lembrar mais?

Exerça o tipo de perdão divino; lance fora, jogue no “mar do esquecimento” as ofensas feitas contra você, perdoe de coração.

Extraído e adaptado do livro: Presente - A dádiva que abençoa a quem o dá

Autor: R. R. Soares

Para Meditar:"Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós." Mateus 6:14.

Oração: Senhor, eu Te peço que me ajude a liberar o perdão a todos os que pecaram contra mim, para que possas perdoar os meus pecados, e que eu seja digno de andar na Tua presença. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2020 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados