Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Orar Pelos Que Nos Perseguem

17.10.2020  

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem.” Mateus 4:44.

O texto de Mateus 5:38-48 apresenta uma atitude de verdadeira abnegação em favor dos inimigos: ao que lhe bater em um lado da face, ofereça-lhe também o outro; ao que pleitear por algo, declare-o vencedor; dê auxílio a quem peça; bendiga os que o maldizem; faça bem aos que o odeiam; ore pelos que o maltratam e perseguem.

A época em que Jesus pregou essa mensagem era muito difícil. O povo judeu encontrava-se politicamente cativo pelos romanos; portanto, estes eram seus maiores inimigos. Havia influência de várias culturas (grega e romana, dentre outras), o que gerava a introdução de novas formas de pensar e de ver a vida, afetando, inclusive, a interpretação da Lei Mosaica.

A Lei dizia: Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Levítico 19:18). Mas, quer por inserção dos escribas quando das cópias que faziam da Lei, quer por interpretação dos fariseus (religiosos da época), o mandamento era completado da seguinte forma: e aborrecerás o teu inimigo (Mateus 5:43). Ora, essa orientação não vinha de Deus, não constava na Lei; era uma ação diabólica para manter o povo preso a uma religiosidade que não levava a nada, que não gerava vida, pois sem o cumprimento do mandamento do amor é impossível andar com Deus.

Repare que o texto não diz: "está escrito", o que nos levaria à Lei. Antes, Jesus diz: Ouvistes o que foi dito (Mateus 5:43). Aquelas palavras (e aborrecerás o teu inimigo) eram ditas pelo povo como se fossem ordenanças de Deus. Então o Senhor Jesus, majestosamente, traz aquela mentira à tona; desmascara Satanás, que penetra sorrateiramente entre o povo de Deus, disseminando suas falsas doutrinas.

Hoje, infelizmente, o mesmo tem acontecido. Há quem não concorde com certas declarações da Palavra e, por isso, começa a criar frases que agradam às pessoas que se acercam delas. Com o passar do tempo, essas frases são aceitas como se fossem parte da Palavra. Mas são apenas tradições que nada têm a ver com a Verdade.

O inimigo continua usando a mesma tática nos dias de hoje. Às vezes, as pressões são tantas que muitos filhos de Deus se desesperam e começam a tomar atitudes contrárias às orientações da Palavra. É preciso ter muito cuidado, pois os fins jamais justificarão os meios.

Portanto se quisermos obedecer a Deus, devemos agir de acordo com a Palavra de Deus, amar os que nos perseguem ou prejudicam, orar para que sejam libertos das garras do nosso verdadeiro e único inimigo, o diabo.

Extraído e adaptado do livro: Presente - A dádiva que abençoa a quem o dá

Autor: R. R. Soares

Para Meditar:"Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão. Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil." Mateus 5:23-26.

Oração: Senhor, eu Te peço que me ajude a ter um coração perdoador. Que eu consiga perdoar todos os que pecaram contra mim e aqueles que me perseguem. Senhor, perdoa as minhas falhas e purifica a minha vida. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2020 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados