Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Glorifique o Seu Nome

17.11.2018  

Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.” João 15:8.

“Livre-o agora”. Mas Deus não livrou Jesus. Permitiu que morresse. Se o tivesse livrado, estaríamos perdidos, pois não teria havido sacrifício pelos nossos pecados. Jesus foi o nosso substituto. Ele morreu em nosso lugar, pagando a pena pelos nossos pecados.

Não havia fuga para Jesus. Ele teve de passar por tudo. Bebeu até o fim o cálice do sofrimento. Participou das tentações e provações, aprendeu a obediência através delas, embora fosse o Filho de Deus.

Por que não havia fuga? Porque precisamos de um Sumo Sacerdote que possa compadecer-se das nossas fraquezas e tentações por ter passado por elas (Hebreus 4:15).

“Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou” (Romanos 8:36,37).

“E os que passavam blasfemavam dele, meneando as cabeças e dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo; se és Filho de Deus desce da cruz. E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam: Salvou os outros, e a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei de Israel, desça agora da cruz, e creremos nele. Confiou em Deus; livre-o agora, se o ama” (Mateus 27:39-43).

Dizem-nos, hoje, as mesmas palavras: “Desça da cruz. Salve-se a si mesmo. Deixe Deus livrá-lo”. Mas Deus nem sempre remove o instrumento que nos levaria à morte do ego. Se formos libertados de todas as situações desagradáveis, como outros nas mesmas circunstâncias veriam a suficiência de Deus para salvá-los? Se salvarmos a nós mesmos, não podemos salvar a outros. Deixar que Deus me liberte? “Agora a minha alma está perturbada, e que direi eu? Pai, salva-me desta hora; mas para isto vim a esta hora. Pai, glorifica o teu nome” (João 12:27,28).

“E chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo aborrece a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará” (João 12:23-26).

Seja qual for a sua provação, dificuldade ou circunstância, peça a Deus que glorifique o nome dEle da maneira que o agradar. Diga-lhe: “Livra-me apenas se for essa a tua vontade. De qualquer modo serei fiel até a morte, pois sei que, se for obediente e permanecer nesta cruz, tu livrarás e salvarás a outros.”

Extraído e adaptado do livro: Amados

Autor: Kay Arthur

Para Meditar: "Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." 2 Coríntios 5:21.

Oração: “Senhor, eu Te peço que me livres da minhas dificuldades e provações, mas que tudo seja conforme a Tua vontade e para que o Teu nome seja glorificado. Ajuda-me a permanecer firme nos Teus caminhos. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2018 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados