Obrigado pela visita, Deus te abençoe Jesus te ama

"Buscar-me-eis,               e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"               Jer 29.13

.

 

Página Inicial    

Agradecimentos

Bíblia Sagrada 

Cartões             

Palavra Jovem 

Mensagens anteriores        

Mensagens Virtuais        

 

.

Mensagens Anteriores

 Voltar para a lista de Mensagens

Importantes Orientações

03.12.2016  

Para conhecê-lo, e a virtude da sua ressurreição, e a comunicação de suas aflições, sendo feito conforme a sua morte. Filipenses 3:10.

As Escrituras contêm todas as informações necessárias para cumprirmos de modo correto as obrigações que o Senhor deu a todos os homens e, em particular, a cada um de nós. Nelas, também encontramos as orientações sobre o que fazermos para termos conhecimento de quatro fatos de extrema importância: (1) quem é o nosso Senhor; (2) qual é a virtude da Sua ressurreição; (3) qual é a comunicação de Suas aflições, e (4) por que devemos ser feitos conforme a Sua morte. Quem entender cada um deles e prová-los, sem dúvida, fará a vontade divina de modo agradável ao Senhor e, por conseguinte, será bem-sucedido.

É bom prestar atenção a essa declaração bíblica e lutar para vivê-la na íntegra. Segundo o apóstolo Paulo, cada item significa um alvo e, para alcançá-lo, é preciso considerar desprezíveis as demais coisas. Como para um náufrago o mais importante é avistar terra firme e chegar até ela, para nós nada deve ter mais valor do que entendermos o que representam essas bênçãos e tomarmos posse delas.

O maior desejo de Paulo era conhecer Cristo. Ora, Jesus é Deus. Ele foi a pessoa da Trindade divina que criou todas as coisas. Ele é o Verbo divino, sem o qual nada foi feito João 1:1-4). O Senhor é onipotente e extremamente inteligente. Quando observamos uma foto do espaço sideral, com milhões de pontinhos luminosos, podemos sentir o quanto Ele é poderoso, pois criou todas as coisas do nada e as mantém em órbita pela Palavra do Seu poder. Então, diante de todas as maravilhas criadas por Deus, por que Ele Se interessa tanto pela raça humana - e, mais especificamente, por mim e por você? Precisamos conhecê-lo e, assim, buscarmos mais e mais esse Pai que tanto nos ama.

As trevas não foram capazes de deter Jesus quando o Espírito de Deus o revivificou. O poder que nEle operava era - e sempre será - tão intenso, que todos os demônios tiveram de cair por terra. Satanás, o chefe deles, viu o Senhor tomar de suas mãos as chaves da morte e do inferno (Apocalipse 1:10-18). Cristo ressuscitou. Que autoridade! Que majestade! Esse mesmo poder era aquele que o apóstolo se esforçava por conhecer. Como seremos abençoados quando também alcançarmos esse entendimento!

Para Paulo, era importante a comunicação com as Suas aflições. O Salvador foi oprimido para que fôssemos livres. Se não compreendemos essa verdade, o inimigo nos tenta, por exemplo, com paixões proibidas, as quais, em alguns casos, até sucumbimos. Por outro lado, com esse conhecimento bíblico, vivemos acima das tentações, das doenças e dos demais problemas.

O apóstolo desejava ser feito conforme a morte do Senhor, sabendo que Jesus morreu por ele, pagando o preço necessário para que os que nEle cressem fossem libertos de toda opressão. Na morte de Cristo se encontra tudo aquilo de que precisamos para nos tornarmos bem-sucedidos. Grandes desafios são esses para nós! O que você fará a respeito?

Extraído e adaptado do Livro: Bênçãos da Primavera

Autor: R. R. Soares

Para Meditar: "Ó Deus, nós ouvimos com os nossos ouvidos, e nossos pais nos têm contado a obra que fizeste em seus dias, nos tempos da antiguidade. Como expulsaste os gentios com a tua mão e os plantaste a eles; como afligiste os povos e os derrubaste. Pois não conquistaram a terra pela sua espada, nem o seu braço os salvou, mas a tua destra e o teu braço, e a luz da tua face, porquanto te agradaste deles. Tu és o meu Rei, ó Deus; ordena salvações para Jacó. Por ti venceremos os nossos inimigos; pelo teu nome pisaremos os que se levantam contra nós. Pois eu não confiarei no meu arco, nem a minha espada me salvará. Mas tu nos salvaste dos nossos inimigos, e confundiste os que nos odiavam. Em Deus nos gloriamos todo o dia, e louvamos o teu nome eternamente." Salmos 44:1-8.

Oração: “Senhor, eu Te peço que me ajude a viver a verdade completa, pois não quero passar pela vida sem ter o conhecimento dela. Quero trabalhar pela verdadeira comida, a qual jamais me será tirada. Eu preciso participar das Tuas aflições, pois foste ferido para que eu ficasse livre, tanto no corpo quanto na mente e no espírito. Eu peço e agradeço em nome de Jesus Cristo.” Amém.

ENVIAR ESTA MENSAGEM PARA AMIGOS

Copyright 2000 - 2016 © - Buscando Jesus - Todos os Direitos Reservados